17 de mai de 2011

14º Capítulo de Escrito com Sangue 2!

Eu amava minhas amigas, por íncrivel que pareça.Eu as vezes esqueçia de tudo, para ficar com minhas amigas. Mas, só as vezes, eu pensava o Porquê estava lá, naquele lugar, com elas.Agora, tudo parecia diferente diante minha mãe morta.Ok, Ok. Eu merecia. Ela não merecia. Agora, tinha mais que fazer algo.Agora.Me levantei. Sai de casa daquele jeito mesmo, e fui a polícia. Eu não iria falar de minha mãe. Iria falar de Camila. Cheguei a polícia, e vi um policial com farda, seus cabelos negros se escondiam por baixo do chapéu, mas pequenos fios se deixavam aparecer, parecia ter uns 40 anos de idade.Cheguei até ele e falei.

-Bom dia senhor. Preciso fazer uma denúncia urgente.

-Policial por favor. -Ele parou um pouco, por alguns segundos.-Pode falar, mas antes você vai ter que me dizer uns negocinhos...

-Ok, Ok. Meu nome é Isabelly Lima dos Reis.

-Amm.. Vamos ver...-Ele parou, e ficou olhando para o computador e para mim.

-Tem algum problema?

-Desculpe senhora, não posso fazer nada por você.-Ele se levantou, apontando a mão, em sentido para mim ir para a porta, isso quer dizer, em bora.

-Ahh! Mas, a denuncia é séria.

-Desculpe moça. Pode ir indo.

Fui saindo, sem ao menos me despedir. Não podia ficar me despedindo, de um Polícial, que ao menos pode me ajudar. Fui até o carro. Dirigi ele até a casa de Suélem, e parei meu carro.Bati na porta. Ouvia uma música alta. "Beleza Pura, dinheiro não...." chegava o som do Skank nos meus ouvidos. Súelem gostava muito dessa música, era uma das músicas que mais lembrava Fred...Ela apareceu na porta, com uma camisola.Era assim que ela arrumava a sua casa.

-Oi!!-Abraçei minha amiga, eu chorava um pouco, o dia havia sido muito doloroso.

-Oi Amiga! Tudo bem?-Ela me abraçou.

-Não.... Preciso da sua ajuda!!-Súelem me fez jestos para que entrasse em sua casa. Eu continuava a chorar. Era díficil esqueçer que minha Mãe morrera.

-O que aconteceu amiga?-Súelem dizia, e fazia gestos para que eu sentasse em seu sofá, enquanto fazia carinho em minha cabeça.

-A minha mãe morreu.

-Tá brincando né!?-Ela dizia, enquanto eu sentava, meio deitava no sofá da simples casa de Súelem.

-Não... A....-Parei um pouco, pois chorava muito.-Camila matou!!

-QUE?!-Súelem gritou assustada.

Parei de falar e sentei no sofá da casa de Súelem...Eu mais do que qualquer coisa, queria vingança. Era uma coisa fácil para alguns. Mas, se eu matasse mais alguém... Ah, eu nunca mais seria perdoada. Se eu tivesse no lugar das minhas amigas. Ah... Eu não me perdoaria. Iria querer me matar... Como eu tanto queria... Ah, eu queria.Mas, se eu me matasse, o que aconteceria com meu sonhos?! Minhas amigas?! Será que seria o melhor a fazer?!

Comente:

2 comentários :

  1. oie cáah AMEI
    vc poderia fazer um studio de fotos
    com a barbie do DIARIO DA BARBIE
    eu amoo ela


    bjinhos

    ResponderExcluir
  2. Oii! Que bom que gostou! Ah, é claro, faço sim! Beijinhos,Cáah!

    ResponderExcluir